O frio mascarou por meses as gordurinhas inconvenientes que teimam em se manter em locais que não gostamos. As roupas sempre pesadas é um alívio, pois travamos uma trégua nessa relação entre comida e o corpo. O clima frio favorece o desejo de consumir comidas mais pesadas, calóricas e engordativas. Para muitos a salada e as frutas foram excluídas do cardápio, sobrando espaço somente para carboidratos e gorduras, de forma a esquecer a importância do equilíbrio alimentar.

Com a chegada da primavera o clima fica mais quente, buscamos roupas mais leves que deixam mais visíveis os efeitos da comilança do inverno. É nesse momento que surge o desespero, a tristeza bate, pois parece que nenhuma roupa fica bacana o bastante para que possa se sentir bem.

Todo ano a mesma história, as mesmas dietas, as mesmas queixas. Nunca muda, até porque a busca é sempre externa. Vivemos a procura da solução que fará com que percamos o peso sem esforço. Basta surgir uma propaganda nova na internet sobre um composto de ervas que emagrecem que em pouco tempo o site bate o recorde em vendas. Para a grande maioria a história do sobrepeso ou obesidade já tem anos, mas mesmo sabendo que os resultados não são duradouros e que depois acabam engordando uns quilos a mais, continuam fazendo as mesmas opções, como se não tivesse condições de fazer diferente.

Eu te pergunto: até quando você ficará reeditando a mesma história? Eu te convido a olhar para trás e fazer as contas de quanto tempo você vem perdendo buscando soluções não sustentáveis para emagrecer. Vou um pouco mais longe e peço que você pense em outras situações de sua vida que você também tenta resolver de forma equivocada ou mesmo mascarar para não enfrentar.

Talvez seja o momento de repensar e buscar a mudança real, sustentável e arcar com todo esforço que é necessário para perder peso com saúde. Sair do ciclo compulsivo e aprender a comer com consciência. Olhar e resolver questões emocionais que funcionam como gatilhos para tentar obter prazer com a comida. A verdade nua e crua é que ninguém pode fazer isso por você, nada fará com que emagreça sem que se responsabilize por todo o processo de mudança.

Você pode repetir toda a história ou mudar e fazer com que 2019 seja um marco em sua vida, lembrando que a escolha é sempre sua.

Chegou a temporada das dietas

Luciana Kotaka – é pscóloga e escreve sobre comportamento e saúde em seu blog no “Estadão”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arte:Letícia Vieira, Jornalismo Júnior