Lancei meu primeiro livro aos 80 anos, e você se achando velho

0
137

Quando criança eu tinha medo da velhice. Mais tarde, achava que aos 60 anos estaria muito velha e ficava a pensar o que faria da vida quando chegasse essa idade.

Hoje, aos 80 anos (completei em março), sinto imensa gratidão pela vida e por ainda estar ativa.

Foi aos 80 anos que consegui realizar um dos maiores projetos da minha vida: o lançamento do meu primeiro e tão sonhado livro, o romance “A Casa do Filho do Soldado da Borracha”, uma história real.

Foram milhares de horas no computador conversando com inúmeros personagens, mas foi um trabalho feito com enorme prazer.

Confesso que cheguei a pensar que esse ” filho” não conseguiria voar, porém, quando finalmente ficou pronto, pude comemorar o fato de estar viva e poder lança-lo.

Inúmeras vezes pedi a Deus que não me deixasse ir sem antes semear esse pedacinho de literatura para todos que sentem prazer em ler.

Espero que esse meu depoimento sirva de exemplo e incentivo para as pessoas da terceira idade que se sentem velhas e incapazes de produzir algo. Vivem a reclamar.

Sou professora aposentada, pratico atividade física, dedico-me à pintura (artes plásticas), tenho meu facebook para me comunicar com as pessoas e me expressar/emitir minhas opiniões e adoro escrever.

Moro em Porto Velho (RO), mas tenho meu coração no Rio de Janeiro, cidade que amo. É nessa cidade maravilhosa, onde mora a minha filha, que costumo, de vez em quando, passar uma temporada. Andar a pé pelas ruas do Rio é algo prazeroso para mim. Se tenho medo? Por que teria?!

Não pense que minha vida é um conto de fadas. Tenho problemas como a maioria das pessoas nessa idade. Sou aposentada com o salário de professora do estado e tenho que fazer meus bicos para ajudar no orçamento.

Como todo idoso (ops) quase todos, também tenho problemas de saúde, só que não me deixo abalar por eles. A minha força de vontade e o desejo de viver ainda muito anos para produzir um segundo livro é o meu principal combustível para me manter viva.

Jornalista Emília Araújo

Curta o Blog de Ponta Cabeça no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 − 2 =