Porto Velho: Quinteto Villa Lobos, de SP, no Teatro Guaporé, nesta sexta

0
179

O Quinteto Villa-Lobos, de São Paulo, fará apresentação única nesta sexta-feira,15, às 20 horas, no Teatro Guaporé (atrás do Teatro Palácio das Artes). O grupo está vindo à capital por meio do projeto Música na Estrada, que está em sua 7ª edição.  O Música na Estrada é realizado pelo Ministério da Cultura. A entrada é gratuita.

O grupo é formado  por Rubem Schuenck, flauta; Luáis Carlos Justi, oboé; Paulo Sergio Santos, clarineta; Philip Doyle, trompa; Aloysio Fagerlande, fagote.

Fundado em 1962, desde então o Quinteto Villa Lobos esmera-se na divulgação da música de câmara brasileira, ao mesmo tempo em que amplia seu repertório por vários gêneros, conferindo competência e popularidade às suas apresentações em espaços públicos e em escolas da rede de ensino.

O que Música de Câmara

A Música de Câmara é considerada a música erudita executada por um pequeno grupo de instrumentistas ou cantores que possa ser executada em pequenos espaços, geralmente com uma atmosfera mais íntima.

A origem do nome vem da relação com a palavra “câmara” como sinônimo de quarto, sala ou pequeno local nos palácios, onde, antigamente, pequenos grupos de músicos tocavam para seus soberanos.

Discografia do Quinteto

Em sua discografia podemos destacar os CDs: Quinteto em Forma de Choros (Kuarup Discos), Fronteiras e Quinteto Villa-Lobos Convida (Rio Arte Digital), Um Sopro Novo (Selo Radio MEC), A Obra de Câmara para Sopros de Heitor Villa-Lobos (ABMDigital), Quintetos de Sopro Brasileiros 1926-1974(Selo Radio MEC), agraciado com o Prêmio BR-Rival em 2008, Villa-Lobos – um clássico popular (Kalamata), em 2009 , Ernesto Nazareth (Kalamata)em 2011 e Rasgando Seda (Selo SESC-SP) neste ano, com obras de Guinga – indicado recentemente ao Grammy Latino.

Programa desta sexta

Franz Danzi
Quinteto em Sol menor Op. 56
Allegretto
Andante
Minueto e Trio
Allegro

Heitor Villa-Lobos 
Quatuor
Allegro no troppo
Lento
Allegro Molto Vivace

Edmundo Villani-Côrtes
Três impressões afro-brasileiras
Moderato
Lento, Dolente
Vivo

Heitor Villa-Lobos 
Choros N. 2

Bachianas Brasileiras N. 5 
Aria
Martelo

Ernesto Nazareth 
Odeon
Eponina
Fon fon

Guinga
Valsa de aniversário
Coco do coco

Pixinguinha 
Ainda me recordo

Emília Araújo, jornalista

Curta o Blog no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 1 =